24 Mai 2020

Stoiximan doa 250.000 máscaras cirúrgicas para a crise dos Heróis da Covid-19

LER ARTIGO

A Stoiximan contribui para as necessidades atuais do sistema de saúde da Grécia, sob pressão devido à disseminação do coronavírus pelo país, com o fornecimento e doação de 250 mil máscaras cirúrgicas ao Ministério da Saúde.

A Kaizen Gaming mobilizou-se imediata e rapidamente, desde o início da crise da Covid-19, para garantir a segurança de todos, mas também para apoiar as necessidades de Saúde. Com reflexos rápidos e em questão de dias, foram feitas as movimentações necessárias, para que todos os 719 colaboradores, em todos os mercados em que a Kaizen Gaming opera, tivessem a possibilidade de teletrabalho, enquanto a empresa procurava uma forma de contribuir activamente para a cobertura das necessidades actuais na Grécia, bem como nos outros países em que opera.

O Ministro da Saúde da Grécia, Vassilis Kikilias, expressou o seu agradecimento à empresa “pelo seu significativo contributo para o fortalecimento do Sistema de Saúde”.

“O programa ‘Heroes’ tem sido o principal programa de Responsabilidade Social da Stoiximan nos últimos 5 anos”, comentou o CEO da Stoiximan, George Daskalakis. “Sempre acreditamos que, apoiando os que fazem a diferença, a vida de todos será melhor. Hoje, quando as ações de cada um de nós afetam diretamente o futuro de todos, os Heróis são mais relevantes do que nunca. A responsabilidade não é mais uma abordagem teórica; é a única saída desta crise. Não há dúvida de que os maiores Heróis dessa realidade inédita são nossa equipa médica e de enfermagem, as pessoas que lutam na linha de frente dessa batalha arriscando-se para cuidar de nós e dos nossos. É por isso que estou orgulhoso que tenhamos conseguido fornecer e entregar 250.000 máscaras médicas aos grandes Heróis de nossos hospitais, para ajudar a resolver a enorme escassez que surgiu neste mundo crise. É o nosso aplauso, a nossa forma de dizer “obrigado”. Esta ação não poderia ter acontecido sem o árduo trabalho da nossa equipa. Com a sua segurança como prioridade, conseguimos implementar o teletrabalho para 100% dos nossos colaboradores, o que significa que todos os 719 membros das nossas equipas em toda a Europa trabalham agora a partir de casa. Nós ficamos em casa. Nós ficamos seguros. Permanecemos fortes. E continuamos unidos em tudo isso ”.